O Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação (PPGCC) da UFPA foi fundado em 2005 com o curso de Mestrado Acadêmico. O curso de Doutorado passou a ser oferecido no segundo semestre de 2015.

Reconhecido pela CAPES, nos termos da Portaria Nº 84, de 22/12/94, e pelo Ministério da Educação e do Desporto, nos termos da Portaria Nº 694, de 13/06/95, o Programa, na última avaliação da CAPES, relativa ao triênio 2010-2012, obteve a nota 4.

O corpo discente manteve-se ao longo desde período com uma média de 30 alunos a cada ano. A importância do PPGCC para a sociedade foi rapidamente reconhecida por meio do prêmio “Destaque Técnico em Informática”, na categoria Educação, concedido em 2006 pela Sociedade de Usuários de Informática e Telecomunicações do Pará (SUCESU-PA) para valorizar e incentivar o desenvolvimento do setor de tecnologia da informação e comunicação do Estado do Pará.

Apesar de ser um Programa relativamente novo, alcançou conceito 4 na CAPES (avaliação trienal 2010-2012), tendo como diretriz básica ampliar a massa crítica e a produção de pesquisa científica na área, na busca de soluções para problemas regionais, nacionais e globais em prol das ciências e da sociedade. Tal posição deu condições ao PPGCC de ter sua proposta do  Curso de Doutorado em Ciência da Computação na UFPA aprovada, já com a primeira turma iniciando no segundo semestre de 2015.  

O PPGCC passou por um processo de recredenciamento no final do ano de 2012 e conta atualmente com 20 Doutores (dentre eles, sete já fizeram Pós-Doutorado) no seu quadro de professores ativos, sendo cinco bolsistas de produtividade do CNPq (um bolsista PQ nível 1C, três bolsistas PQ nível 2 e um bolsista DT nível 2). O Programa possui 28 discentes contemplados com bolsas de estudo financiadas pelos órgãos CNPq e CAPES; diversos projetos coordenados pelos docentes e apoiados por agências de fomento e empresas, bem como projetos que incentivam a colaboração com grupos de pesquisa, como o PROCAD em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); e mais de 100 dissertações de Mestrado concluídas.